quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Eu quero...


Ah, hoje vou ser sincera meu povo [/não que nos outros dias eu não seja]! Sempre falo de feminismo, que nós mulheres não precisamos de homens para sermos independentes e essa coisa toda. Mas no fundo, no fundo, nós queremos mesmo é alguém pra dormir protegida no peito, alguém que seja só nosso e não tenha medo de declarar isso. E nem é medo de ficar pra titia não. É vontade de sentir aquela coisinha misteriosa de "é esse!". Como será sentir isso? Eu sempre sinto que "pode ser esse, ou talvez com algumas mudancinhas possa ser esse ou talvez se ele quisesse, poderia ser esse...". Não, isso tá errado. Quero sentir que "é esse".
Dizem que materializar os sonhos escrevendo ajuda, então lá vai: quero olhos nos olhos, eu te amo e muita sacanagem, quero encosto de ombro cheiroso, ser carregada no colo, casa colorida, cachorro no pátio. Quero Laura Pausininuma noite chuvosa e ter de um lado um livrinho na cabeceira da cama e do outro o homem que amo.
Quero pagode com churrasco e as famílias reunidas. Quero ter certeza, ali no fundo da alma dele, de que ele me ama. Quero que ele saia correndo quando meu peito amargurado precisar de riso. Que ele esqueça, de vez em quando, seu lado egoísta, e lembre do meu. Que saiba respeitar a minha liberdade e me abandone só para eu sentir saudades. Que a gente brigue de ciúmes, porque ciúme faz parte da paixão, e que faça as pazes rapidamente, porque paz faz parte do amor. Quero ser lembrada em horários malucos, todos os horários, pra sempre. Quero ser criança, mulher, homem, et, megera, maluca e, ainda assim, olhada com total reconhecimento de território. Quero foto brega na sala, com duas crianças enfeitando nossa moldura. Quero o sobrenome dele, o suor dele, a alma dele, o dinheiro dele (brincadeira...). Que ele me ame como a minha mãe, que seja mais forte que o meu pai, que seja a família que escolhi pra sempre. Quero que ele passe a mão na minha cabeça quando eu for sincera em minhas desculpas e que ele me ignore quando eu tentar enrolá-lo em minhas maldades. Quero que ele me torne uma pessoa melhor, que me faça comer peixe apimentado sem medo e sem cara de nojo, respeite meus dias de sensibilidade, minhas esquisitices depressivas e morra de rir com minhas palhaçadas. Que seja lindo de uma beleza sem maldades e que tenha um beijo que não desgaste com a rotina. Tem que gostar de crianças, de animais, da minha família e tem que odiar ver pessoas
procurando comida no lixo. Tem que ser irônico, ser calmo, porém macho (ou seja, não explodir por nada, mas também não calar por tudo). Tem que ser meio artista, mas também ter que saber cuidar dos meus problemas burocráticos. Tem que amar tudo o que eu escrevo e me olhar com aquela cara de "essa mulher é única".
É mais ou menos isso. Achou muito? Claro que não precisa ser exatamente assim, tintim por tintim. Sendo inteligente e de bom humor já tá de bom tamanho. E quando eu tiver tudo isso e uma menina boba e invejosa me olhar e pensar que "aquela instituição feliz não passa de uma união solitária de aparências" vou ter pena desse coração solitário que ainda não encontrou o verdadeiro amor.

#Amar você é toda minha ilusão!

Beeijão =*
*Fran!

14 comentários:

  1. É Fran, talvez ele nem seja tudo isso, mas quando a paixão bater, ele vai ser tudo isso e mais um pouco, mesmo num sendo..!

    Beijoooooos!

    ResponderExcluir
  2. Esperamos isso e mais um pouco, mais te falo que esperar vale apena pois no final o que el num é acaba virando e o que não tem jeito você se acostuma.. kk'
    Esse texto me fez vê que encontrei "é esse", já tinha converado com ele sobre seus textos e que algumas vezes viajo nas suas palvras e o de hoje preciso muto mostrar para ele.. posso copiar e enviar apara ele dá uma olhada??
    Beijos lindonaa!

    ResponderExcluir
  3. Eita que vc quase sempre me faz chorar né doida...

    Adorei o texto.. já estava sentindo falta desta sua mente brilhante!!

    Bjos flor...
    ;)

    Sil

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Bom texto como sempre mocinha. Ainda venho pegar meus selos. Beijos

    ResponderExcluir
  6. Otimo texto... muito complexas as palavras!
    Tô com post novo, da um pulinho la!
    Bj

    ResponderExcluir
  7. Bom Diaaaaaaa

    Gostei muito do teu cantinho viu, super fofo e vc escreve supeeeeeer bem, tô add!

    Aiin, eu ainda tô meio desiludida, mas quero sim, esse alguém, quero aquele frio na barriga de novo, aaaaaaaah como eu quero!!

    Bjus

    ResponderExcluir
  8. Nossaaaa
    Foi vc mesmo que escreveu, Fran??
    Menina, ficou lindo demais...viajei junto...
    Percebí que ele tem tantas coisas que vc colocou aí, nas atitudes e no jeito de ser. E como eu fiquei feliz e me sentindo ainda mais uma sortuda, com uma vontade louca de ter logo minha casinha, fazer um pagodinho nos domingos e ter meu cachorrinho ...ah, além de enfeitar a sala com as fotos dos meus gurisinhos, rsrs
    Parabéns!!!
    BjO

    ResponderExcluir
  9. Vim conhecer o blog de uma linda garota e gostei muito.
    Adorei os textos.
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Querer é poder viu minha linda? Tenho certeza que você vai ter tudo isso e muito mais!

    Beijos na Alma
    Layla Barlavento
    http://culpadowalter.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Amei Amei Amei OO:
    também quero encontrar e dizer "Sim é esse" Não sei se é só ilusão ou todos nós temos a nossa metade da laranja, Vai que um dia a gente descubra não é ? adoro seu blog

    ResponderExcluir
  12. Perfeito!
    Tenho certeza que vc vai encontrar alguém que seja mais que tudo isso!
    Adoro seu blog!
    Beeijo =)

    ResponderExcluir
  13. prima xonadinha née!
    hauahauhauahua

    ResponderExcluir
  14. Ai que liiindooooo!! Ameiiii o texto, e eu também quero tudo isso aí que vc pediu! Será que um dia a gente consegue??

    Tava com saudades de vir aqui e ainda tow com saudades de vc por lá, viu?

    Beijo querida! ;) =**

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, espero que tenha gostado e volte sempre...