quarta-feira, 12 de maio de 2010

Da minha pequenez perante as coisas

"Eu não sabia, Senhor, que o mundo era tão vasto e doloroso. E que, desejando a vastidão do mundo, meu coração conheceria também a vastidão da dor. Por que, Senhor meu, permitiste que eu tentasse fugir da minha pequenez? Por que me deste todos esses sonhos muito maiores do que eu?"


Caio F. Abreu


Beijos da Fran !



Um comentário:

Obrigada pela visita, espero que tenha gostado e volte sempre...